O tal do peplum

por Alexia Chlamtac

A silhueta popularizada na segunda metade da década de 40 por Christian Dior, no New Look, voltou com tudo em 2012. Aposta nas passarelas internacionais, o peplum tem aparecido muito em editoriais de revistas, em looks de blogueiras e fashionistas mundo à fora. Mas afinal, o que é?

Peplum é o “babado a mais” que algumas saias, vestidos e blusas ganham, localizado entre a cintura e a curva do quadril. Formado, geralmente, por um tecido sobreposto à peça. O tecido geralmente é mais grosso, fazendo com que o babado fique mais rígido e dessa forma, dando mais volume à peça.

O volume não é dos mais indicados para as meninas com quadris largos, o que não quer dizer que é proibido. Apenas é recomendado um babado menor e em tonalidade escura. Outra forma interessante é em looks monocromáticos e com o babado na altura da cintura. Já para as meninas com ombros largos e quadril estreito, a modelagem é perfeita, por provocar um certo equilíbrio.

Por mais bonito que seja, acho difícil essa moda pegar no Brasil. Não só pelo tipo de corpo das mulheres, mas principalmente pelo tipo da peça que, na minha opinião, não tem muito a ver com o estilo da brasileira. É esperar pra ver.

Anúncios