Tentando manter a dignidade dos fios

por Alexia Chlamtac

Manter fios saudáveis não é tarefa nada fácil. São zilhões de produtos que prometem milagres, difícil é achar um que realmente se adapte ao seu cabelo. Afinal, o cabelo da vizinha não é igual ao seu. Cabelos quimicamente maltratados precisam de mais cuidado ainda. O meu é inimigo da tinta há anos. Pintei por um ano, parei por dois ou três e voltei a pintar em setembro do ano passado, e foi quando a coisa azedou de vez.

Quando fui pintar, a cabeleireira disse que precisaria abrir sei lá o que dos fios e pra isso, teria que descolorir inteiro, até ficar bem claro. O problema é que ela não fez um teste pra saber o que ia acontecer e esqueceu que meu cabelo já tinha sido pintado. Então, ele descoloriu MUITO rápido na raíz, que geralmente descolore mais rápido mesmo, e embaixo, necas de pitibirebas, porque tinha tinta antiga. Daí ela colocou mais produto pra descolorir e me colocou embaixo daquele capacete de acrílico que esquenta. Depois ela aplicou a tinta. Pobre cabelo. O problema é que eu queria um tom meio ferrugem e ela usou um ruivo “claro” misturado com um loiro, num cabelo descolorido, resultado? Fiquei igual a Vivienne Westwood. Três dias depois lá estava eu pintando o cabelo de novo. Se meus fios fossem finos, não teria sobrado cabelo pra contar história. Resumindo, meu cabelo ficou MUITO ressecado. E continuou. Porque não tinha creme que fizesse o bicho ficar bonito. Não que agora ele esteja O cabelo, mas melhorou MUITO desde que substituí o condicionador pela máscara de hidratação.

Intercalo a Absolut Repair (aquela amarelinha, sabem?), da L’oreal, com a de tampa marrom da Moroccan Oil. Porém, fim de semana retrasado, fiz duas coisas que nunca tinha feito antes. A primeira delas li num post do Fashionismo, em que a Thereza contava um truque da Blake Lively. Segundo Thereza, a mocinha dorme com uma máscara hidratante no cabelo. Pensei logo no que os profissionais do ramo dizem sobre dormir com cabelo úmido: “APODRECE”. Mas, né? Já tava cagado mesmo. Aí lembrei de uma dica da modelo Paola Ludtke: Bepantol líquido nos fios. Juntei um tico de bepantol líquido num outro tico da máscara da Moroccan Oil e passei nas pontas do cabelo úmido e fui dormir. No dia seguinte, ao acordar, lavei bem os fios e fui para o salão fazer uma escova. À tarde, uma amiga elogiou dizendo que estava visivelmente hidratado. Ficou realmente mais hidratado. O Bepantol opera milagres.

Acho que o principal é identificar o seu tipo de cabelo e ir atrás de produtos específicos. O meu fio é grosso, ressecado e sofre com tinta. O tratamento provavelmente vai ser diferente de um fio fino, oleoso e que nunca foi pintado ou passou por algum outro processo químico. Cada cabelo é de um jeito e é preciso analisar o seu cabelo antes de sair tacando tudo o que encontrar nas prateleiras da farmácia. Já experimentei várias máscaras, shampoos, condicionadores, leave-ins, pela primeira vez encontrei algo que deu “certo” no meu cabelo. A busca não é fácil, mas não desistam. Cabelo bonito faz bem pra auto-estima e pra sua imagem.

Anúncios