Desejos de um ano novo

por Alexia Chlamtac

Sempre fui muito cética com todas essas promessas de ano novo, superstições, aliás, pra mim nunca significou grandes coisa. Achava um tanto esquisito a efusão das pessoas, a ansiedade, a empolgação, a correria para comprar roupas brancas novas. Não fazia sentido pra mim, sempre acreditei que para as coisas mudarem, depende das pessoas, nunca acreditei na sorte. Porém, devo confessar que a meia-noite sempre me emocionou, os fogos de Copacabana, sempre tão lindos e cheios de fumaça (hehe).

Há mais ou menos três semanas atrás, a Mari Dias, do Instituto Rio Moda, me perguntou quais eram as minhas simpatias e a minha lista de “desejos” para 2012, disse pra ela que não tinha simpatias e nunca fazia uma lista, mas que já que ela estava perguntando, ia pensar em algo rápido, e foi como tudo começou. Os últimos anos não têm sido fáceis pra mim e foi com a pergunta da Mari que tudo começou a mudar, resolvi que ia fazer uma lista decente com coisas que espero realizar no ano que vem, peguei um caderno e comecei a escrever, quando uma amiga postou no instagram um aplicativo que ela tinha acabado de descobrir e super interessante, baixei na hora o “Metas para 2012”. No app, você pode compartilhar suas metas com seus amigos do facebook e twitter, além de ir marcando o que já cumpriu. Ah, você também pode apagar e atualizar metas, mas aí acho que perde a graça do que até outro dia eu não fazia, haha.

Eu achei que já estava fazendo coisa demais, não sabia que era um ciclo vicioso. Na tarde do dia 30, conversando com a minha mãe, falei que ia usar um vestido novo, presente dela, e uma calcinha nova também (isso ta ficando íntimo demais). Ela perguntou qual cor eu queria, eu disse rosa e ela disse: “Ninguém vive de amor”, pra não haver direito de escolha, ela me comprou quatro calcinhas amarelas, com tantas opções de cores fiquei quase três segundos pra escolher qual eu queria usar hahaha. Poderia parar por aí, mas não, resolvi que ia tomar um banho de sal grosso e tomei, pulei 7 ondas e joguei flores pra Iemanjá. Cheguei a conclusão que se não me ajudar em nada, também não vai piorar.

Enfim, desejo um 2012 incrível à todas vocês, com muita paz, saúde, felicidade, sucesso e que seja um ano melhor que 2011! E também aproveito para agradecer a cada uma de vocês que lêem o blog : ) Feliz 2012!!!!

Anúncios