Tentando manter o picumã no lugar

por Alexia Chlamtac

Hoje, fui comprar meu shampoo e aí me veio a ideia de escrever um post com os poucos produtos que uso no meu cabelo, mas que mantêm a saúde do próprio.

Não sou dessas que vão ao salão mensalmente fazer hidratação e que mantém fazendo hidratação semanal em casa. Desculpaê, mas eu não tenho paciência pra essas coisas. Achar um produto bom que seja bom para o seu cabelo é complicado. Acredito que o primeiro passo seja consultar o seu cabeleireiro, e procure um cabeleireiro bom, que irá recomendar o produto certo para o seu tipo de cabelo. Porque ele pode ser oleoso-ressecado, fio fino, fio grosso, tingido, com química, são muitos fatores a serem analisados antes de comprar um simples shampoo. “Mas Alexia, ta faltando dinheiro e shampoos bons costumam ser caros…”, eu tenho um shampoo baratinho guardado no meu banheiro: Johnson’s Baby. O problema é: eu gasto metade de uma embalagem por banho. Momento cálculo: você pode comprar um bom shampoo por R$70,00 ( o meu dura SEIS meses), o que dá mais ou menos R$12,00 por mês. Usando um shampoo de farmácia eu gasto consideravelmente mais, então, acho que vale a pena desembolsar um pouquito a mais com um shampoo bom. Além de durar mais, o seu cabelo ficará mais bonito, hidratado, etc e tal.

O Sebastian Penetrait foi o primeiro shampoo decente que eu comecei a usar, já faz alguns anos que uso ele. De vez em quando, arrumo um amante aqui outro acolá, mas sempre acabo voltando pra ele, sabem como é o amor, né? Já usei Sensciense e achei uó, Bed Head idem (e tinha um cheiro de abacaxi que não me matou por pouco). Em janeiro, me rendi ao Moroccanoil, excelente! Porém, continuo casada com o Sebastian Penetrait, talvez eu peça divórcio daqui uns anos, mas por enquanto, ele é imbativel.

O condicionador Sebastian Penetrait também é incrível e bastante hidratante, alterno entre ele o Moroccanoil, tem dias que é um, tem dias que é o outro, sem coerência ou regras. Deixo um pouquinho no cabelo, pra agir melhor. Ambos deixam o cabelo mais macio e hidratado (dãã).

Eu estava (assim mesmo, no passado, porque acabou e não comprei de novo) usando a máscara hidratante de tampa laranja da Moroccanoil, confesso que esperava mais (bem mais), mas não é ruim -de forma alguma-, o problema é que como o meu cabelo é muito ressecado (o bichinho já sofreu e muito), eu deveria ter comprado a de tampa marrom que hidrata mais profundamente. A laranja mantém, a marrom hidratada até a alma, entendem? Enfim, no momento meu cabelo está sobrevivendo sem máscara hidratante nenhuma (coitado!). O leave-in é excelente, mas deve-se passar em pouca quantidade, senão pesa, fica tudo grudado, uó. Além disso, independente da marca, é muito importante ter um leave-in em casa para passar após sair do banho, pois protege os fios dos danos externos (poeira, fumaça, poluição, maresia, sol, vento, frio e mais uma infinidade de coisas), protegendo os fios você ajuda a sua hidratação a durar um pouco mais e seus fios ficarem ainda mais bonitos. O terceiro produto é novidade pra mim e ainda não me adaptei perfeitamente bem, mas já notei uma diferença enorme, meu cabelo anda na altura do ombro e liso escorrido, acabo achando muito sem graça, sem bossa, então estava atrás de algo que deixasse o bichinho mais interessante, entrei no salão perguntei o que poderia me ajudar e me recomendaram essa pomada. Mudou bastante, mas ainda não ficou com o efeito que eu quero, é mais sutil e o que eu quero é mais bagunçado (próxima tentativa: secar o cabelo dentro do liquidificador kkkkkk).

Enfim, meu cabelo não é interessante, muito menos inovador, mas tem o principal: hidratação. Com esse post, não quis dizer que todas devem usar esses produtos aí em cima, de jeito maneira, mas que seu cabelo merece um investimento, afinal ele está ali emoldurando o seu rosto, celulite pode passar despercebido, estria, bunda, gordurinha localizada, tudo, mas o seu rosto é seu cartão de visitas, então, é importante cuidar de tudo o que fica ali por perto. Voltando, converse com um cabeleireiro de confiança, invista num bom profissional, com boas recomendações, pergunte o que é melhor para o seu cabelo, para o seu tipo de fio, etc. Garanta a saúde do bichinho. E lembre-se quem pinta o cabelo, faz luzes, mechas, ombré, o que for, precisa hidratar ainda mais, quem nada também. Todas correndo já para conversar com o cabeleireiro!

Anúncios