Gravata Borboleta, sim!

por Alexia Chlamtac

Hoje em dia, fica difícil você dizer com propriedade que tal peça pertence exclusivamente ao guarda-roupa masculino. Devemos isso à Gabrielle “Coco” Chanel, que começou a adaptar peças masculinas ao guarda-roupa feminino: calças, blazers. Homens usam saias, chamadas Kilts (exemplo: Marc Jacobs), caftans (exemplo: Dudu Bertholini).

Faz um certo tempo que as gravatas viraram acessório feminino, não é novidade para mais ninguém. Porém, eu estou num momento de paixão absoluta por um tipo em especial, as borboletas (gravatas). Talvez seja influência dos laços que aparecem para todos os cantos. Acredito que seja uma boa forma de aderir aos laços, mas sem ficar muito meigo. Ou então, quebrar qualquer look romântico/lady like demais. E uma boa maneira de incluir um ar inusitado ao look.

Gosto mais das gravatas borboleta do que das normais, porque não é tão “comum” quanto a tradicional ( que já não é muito comum, mas a borboleta é menos ainda). Além disso, são gordinhas e adoro tudo que é gordinho.

Se eu pudesse, roubaria todas as gravatas do Jô (Soares) e ele também. Enfim, passei a ter um problema: aonde encontrar gravatas borboleta? O it boy Caio Braz (Tarsila Marinho) recomendou brechós e talvez, a Zara. Ainda não tive tempo para procurar, infelizmente. Minha vida anda uma correria (felizmente). Porém, as gravatas que realmente fizeram a minha cabeça e viraram objeto de desejo da minha vida são as gravatas do estilista Laurent Desgrange, um jovem estilista francês. São gravatas divertidas e extravagantes, bem a minha cara. 

 

 

 

Fotos: Divulgação

A blogueira que vos tecla aceita gravatas de presente! Alguém aí ta indo pra Paris? hahahaha

 

Anúncios