Tribo Fashion

Mês: maio, 2011

@diadebeaute

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Rapidinha: Ricardo dos Anjos

O backstage estava uma correria só. Mas quando avistei o top maquiador Ricardo dos Anjos, quase caí dura no chão. Sou fã, não nego. Lembram daquele programa com a Juliana Paes? O Por um Fio. Então, ele era um dos jurados.

Ele tem um olhar tão meigo, caí de amores. E ele é muito alto, muito mesmo. Enfim, num momento mais tranquilo, corremos para fazer três perguntinhas a ele.

Produto preferido, top-top: Eight Hours, Elizabeth Arden.

Penteado: Coque.

Dica de beleza eterna: Protetor sola, sempre, muito.

Fotos: Alexia Chlamtac, eu mesma

Rapidinha: Alexia Chlamtac e Mateus Habib

Sala de Desfile

O sonho de toda mulher que gosta de moda, ou admira, é assistir a um desfile. De preferência, na fila A. E vem chegando a época das Fashion Weeks e começa a confusão: todo mundo pedindo convite. A assessoria passa a ter um problema: acomodar todas essas pessoas. É aí que começa o problema de outras pessoas: as blogueiras.

Não culpo as assessorias. Culpo as marcas. Para começar, todos os convites deveriam ir direto para a assessoria e a equipe responsável fazer o mapa da sala de desfile. Ao invés disso, a assessoria recebe uma parcela de convites, dentro dessa parcela, uma outra parcela para imprensa. Os assessores de imprensa enlouquecem, e com razão.

Isso me levou a pensar. Não, essa não é a opinião de uma mini-blogueira que não conseguiu convite e se revoltou, é uma opinião sensata. Digamos que a sala de desfiles tenha 400 lugares, ok? E que desses 400 lugares, 200 são para a imprensa “formal” -chamo de formal as revistas e os sites das grandes jornalistas, ok?- o que acontece com os outros 200 lugares? Digamos que 10 ficam para os grandes blogs, 5 para blogs menores, e o resto? Para as clientes vips, amigos da marca, etc e tal. Tô falando que não é pra ter ” vips, amigos da marca, etc e tal”? NÃO! Tô falando que a imprensa deve ser prioridade. Devem dar prioridade a pequenos blogs, tumblrs, revistas virtuais, revistas impressas pequenas e sei lá qual outro meio. Pra começar, é uma forma de divulgação a mais, e divulgação gratuita. E qualquer marca inteligente, gostaria de uma divulgação maior. É uma ação de marketing errada. Quem chama novos clientes é a divulgação, a imprensa, vitrines bonitas. Clientes vips não vão parar de comprar na loja por não assistirem a um desfile.

Tudo movimenta muito dinheiro. E acredito, que tudo o que for feito como forma de divulgação, acaba virando lucro. E por isso, acho que, mesmo saindo mais caro, Fashion Rio/São Paulo Fashion Week deveriam ser eventos voltados para imprensa. Com atenção em distribuir releases e gift bags também, para todos, não só fila A. Pra mim, as gift bags funcionam como uma forma de mimar o jornalista, mostrar que se interessa pelo trabalho dele. E depois, ou antes, atenção aos clientes da marca, nas próprias lojas, assim atingiria aos clientes do país inteiro, dando atenção e mimando, consegue-se muito mais benefícios. E de preferência, todas as clientes e não só as vips.

Essa história de que não tem lugar na sala de desfiles, é falta de organização e de um ser pensante!

Todos os números usados aqui são hipotéticos, ok? Não sei com precisão esses dados.

Mil análises e dicas.

Tem gente que gosta de maquiagem cheia de brilho (e não estou falando de maquiagem iluminada, ok?).  Tem gente que prefere maquiagem mais matte, opaca, e eu sou dessas.

Como moro numa cidade muito quente (o inferno é aqui!), tenho horror a pele oleosa, brilhante. Ok, eu sei que são duas coisas muito diferentes, mas uma coisa me lembra a outra e aí não tem mais jeito, cismei com algo, não tem mais volta, hahaha. Toda a minha aflição começou quando comprei a base Face & Body da M.A.C, depois de ouvir mil elogios da Vic (Dia de Beauté). Cheguei no Florida Mall (láááá em Orlando), avistei a loja da M.A.C e saí saltitando (sim, eu saí saltitando), alguns passos antes eu parei, antes que as vendedoras vissem e achassem que eu era alguma louca. Enfim, depois de pedir algumas coisas pra vendedora, solicitei a Face & Body e como eu não sabia o meu tom, ela trouxe um que achou ser parecido. Fiquei chocada: era IGUAL ao meu tom de pele e eu nunca imaginei que fosse achar algo assim, tendo em vista que eu sou quase transparente. Nem pensei, levei. Mas aí que era inverno em Orlando e foi só um teste rápido na loja, e não foi no rosto, foi no pulso, duas regiões bem diferentes.

Chegando no Rio, tudo mudou. A minha pele é bem esquisita, sofro com hidratantes, tudo parece estar me sufocando. E com a Face & Body não foi diferente, me sentia com o rosto molhado, oleoso,  sufocada, uma coisa horrível. E pra piorar a situação, me olhava no espelho e a impressão é que tinha acabado de chegar de uma maratona, minha pele brilhaaaaaava, horrível demais. Isso começou a me incomodar, gosto de pele que aparenta ser aveludada, sabem? E algumas lojas depois, caí na Sephora, aí foi surto de vez. Catei logo o meu Orgasm da Nars, também pelos elogios da Vic, kkkk, e mais uma vez, não me adaptei, era blush com micro pigmentos dourados, base brilhante, corretivo-iluminador (o Touche Éclat, também indicação da Vic). Aí queria usar iluminador e pronto, me achava um pote de brilho ambulante. Ganhei o aquele trio da Mulher Maravilha e o blush é quase um iluminador, ou seja: muito brilho. Já estava prestes a enlouquecer, quando a Aline (a minha amiga que volta e meia é citada por aqui) me falou que a mãe dela estava indo para NY, catei meu laptop e comecei a procurar um blush matte, opaco, qualquer coisa no gênero. Uma outra amiga, a Giu, que entende bastante de make, me recomendou o blushbaby da M.A.C. Pelas fotos do google, a cor não me animou em nada, sendo bem sincera. Não era rosinha como eu estava procurando, mas eu tava em situação de desespero, foi esse mesmo que eu pedi pra mãe da Aline. Ele chegou e eu quase morri de emoção, mas fuén, hahahah, ele não aparecia muito na pele, por que? A Mônica, do Beauty Drops, explicou: o acabamento dele é sheertone, o que isso quer dizer? Que ele é mais suave, meio transparente. E ela me recomendou passar um blush cremoso antes dele, assim ele ajudaria a segurar. Só que, por acidente, eu descobri uma forma de potencializar a cor dele: estava com o pincel sujo da Face & Body (que é liquida) e passei no blush (não façam isso, é feio e estraga os produtos) e plaft, passei nas bochechas, puff, ele passou a aparecer. Realmente, não é o rosinha que eu queria, mas é uma cor ótima pro inverno, tem um tom meio avermelhado-vinho-goiaba, com cara de queimadinho de inverno, sabem? É bem lindo.

E nessa confusão de procurar o blush ideal, quando estava no Jardim Botânico com a Pri, do Arquiteta Maquiada, e com a Flávia da Pin-Up Carioca, vi a coisa mais encantadora do planeta terra: uma palette com 28 tonalidades diferentes de blush. Primeira coisa que passou pela minha cabeça: dívidas, ah é, porque no mínimo eu ia me endividar pra comprar uma palette tão maravilhosa. E juro que tive um acesso de gargalhadas quando descobri o preço: US$8,49. Logo perguntei pra Priscilla sobre a qualidade e ela garantiu ser excelente. Aonde comprar? Bem aqui. É o site do Tio Coreano, que na verdade é tia chinesa, já ouviram falar? Bom, o frete é mais caro, cerca de US15,00, eu acho, mas pensem bem, ta vindo lááá do outro lado do mundo, da China, é uma tia super fofinha, e você NUNCA vai encontrar uma palette com 28 cores de blush por esse preço no Brasil. Lembrando, a tia é chinesa e não fala português, hahahaha. E vale virar o site de ponta-cabeça, coisas incríveis e de matar qualquer mortal.

Ah, só pra terminar o assunto Face & Body, como eu resolvi o meu problema: adquiri uma Studio Fix (base em pó, que também serve só de pó), mas eu também não gosto do acabamento da Studio Fix sozinha, acho pesado (talvez seja culpa da esponja, com um pincel fica mais leve), aplico a Face & Body e depois passo a Studio Fix beeeem de levinho por cima, só pra tirar o brilho. Porque tirando todo o brilho existente, a Face & Body tem uma cobertura fantástica.

 

Yes! Cosmetics

Lembram daquele post que eu fiz, contando sobre o lápis para sobrancelhas da Yes! Cosmetics? -n Então, o lápis estava na casa de uma amiga e por isso, não tive como “ilustrar” o post, mas essa semana ele voltou pra casinha dele, hahaha.

Como expliquei no outro post, nunca me preocupei com lápis para sobrancelha, a minha é certinha, nunca tive necessidade, mas já que tinha um me olhando, não custava tentar, néam?

Pontos positivos:

1- a textura (sim, lápis tem “textura): ele não é duro, o que poderia machucar peles mais sensíveis. Pelo contrário, é muito fácil de aplicar.

2- Vem com uma escovinha na ponta para esfumar e não ficar muito carregado. É super prático, principalmente quando você não quer carregar mais alguma coisa na sua nécessaire de todo dia, que mais parece um anexo do seu banheiro. De quebra, a escovinha ainda penteia a sua sobrancelha.

3- o tom: serve tanto para morenas quanto para loiras. Nas loiras fica um pouco mais “pesado”, mas aí é só esfumar mais um

pouquinho

4- a aplicação é muito fácil, ele sai fácil de lugares errados (ex.: borrou um pouquinho pra fora, ele sai com facilidade, mas a fixação na sobrancelha é boa, ok?).

5- o preço.

 

Pontos negativos:

1- A escovinha é muito dura, ok, agiliza o processo, não é um todo ruim, mas incomoda um pouquinho.

2- A embalagem. Aí vocês vão dizer: mas Alexia, é um LÁPIS! E eu vou responder, até um lápis tem como ter uma aparência atrante e o da Yes! não me atrairia numa prateleira.

(a sobrancelha não está torta, eu tenho essa péssima mania de levantar um lado, sempre! minha pele está péssima, acho que é alergia a algum dos mil produtos que invento de usar, e não fica meio esverdeado assim -o lápis- fica super natural, juro)

 

As embalagens da Yes! sempre me incomodaram, porque os produtos não são ruins, pelo contrário. E aí que justo hoje recebi um e-mail do departamento de marketing da Yes! me contando sobre a nova linha de maquiagens da marca e de cara o que chamou minha atenção, ainda vendo as miniaturas, foi a mudança da embalagem. Ainda tem muito o que melhorar, mas está mais “refinada”, a gente vê que existe uma preocupação maior com a estética dos produtos e isso realmente me deixa MUITO feliz.

Como eu não testei nenhum dos produtos, não sei dizer o que eles têm de bom e o que têm de ruim, mas posso mostrar pra vocês o release da coleção, o que acham?

Pó compacto: Possui pigmentos fotocromáticos de alta definição, efeito Soft Focus e Nylon 12. Segundo o release, deixa a pele aveludada.

Blush: Matérias-primas micronizadas, facilitando na hora de aderir à pele; proteína hidrolisada da seda, que aumenta a fixação.

Batom: complexo 100% vergetal, fornece nutriente essenciais, restaura a elasticidade da pele.

Sombra:  Também possui matéria prima micronizada e proteína hidrolisada da seda, além de ser “fina”, facilitando a aplicação.

Ainda tem gloss e iluminador na linha Yes! make-up

Fotos: Alexia Chlamtac

Montagem: Divulgação

Box!

A jornada pela Marina da Glória está super intensa e de tão intensa, eu não aguentei e acordei passando mal, haha. No (meu) primeiro dia, terça-feira,24, eu já estava acabada. Era um corre-corre, uma coisa insana, lá pelas 16hrs, consegui sentar para comer algo (um cachorro-quente), estava distraída, quando passou uma fotógrafa do Rioetc por mim, para fotografar uma outra garota. Eu já tinha fotografado aquela garota, ignorei o momento, mas de repente, algo chamou a minha atenção, a bolsa da fotógrafa. Logo pedi para tirar uma foto da bolsa, babei.

Não precisei perguntar da onde era para que ela me contasse, Feira do Lavradio. Só tinha um defeito que estava incomodando Anna Clara, a bolsa não tem compartimentos.

Todas as bolsas no estilo box que eu já tinha visto por aí, eram pequenininhas, e foi exatamente isso o que me encantou na bolsa da Anna, era grande, com um ar vintage, amei, amei, amei.

Fotos: Alexia Chlamtac, prazer!

Rapidinha: Alícia Kuczman

Correria de Fashion Business, sem tempo pra respirar. Entrevista rápida com a modelo Alícia Kuczman.

Estilista (para ela): Alexandre Herchcovitch, mas admira o trabalho de todos.

Não sai da bolsa: Nada. “Pode botar isso aí, nunca tiro nada”.

Desfile sonho: Moschino, mas já fez, então, sem sonhos no momento.

Dica de beauté: Sempre tirar a make antes de dormir.

Entrevista: Mateus Habib (ele ta colaborando durante a correria)

Fotos: Alexia Chlamtac, prazer!

Espaço Fashion – A Surpresa

Lembro-me que a Espaço Fashion era uma loja que eu entrava só por entrar. Já tem um tempo que eu percebi que a marca vem tentando mudar sua imagem, lançar roupas mais ligadas as tendências. Pois bem, dia desses uma amiga (a Mônica do Beauty Drops) me alertou sobre um tweet do @modices (blog da Carla Lemos) em que a divulgava uma ação da Espaço Fashion sobre cobrir o desfile deles no Fashion Rio. Fui correndo ver, afinal a Espaço Fashion andava despertando uma certa curiosidade em mim, digamos assim. Estava louca para assistir a um desfile deles.

Li o que era necessário fazer, tirei algumas dúvidas pelo twitter e ontem, carreguei minha melhor amiga para a loja de Ipanema comigo, afinal melhor amiga também tem que sofrer um pouco, néam? Ela é uma boa assessora fotográfica hahah. Enfim, logo ao entrarmos na loja, ficamos um pouco assustadas, se é que assim pode-se dizer. A loja estava incrível, se alguém me mostrasse fotos, eu não diria que era a Espaço Fashion. Eu não sabia pra onde olhar, o que fotografar, tava tudo lindo demais. Não era só as blusinhas de malhas que eu estava acostumada a ver na EF. Tinham tricôs lindos, macacões, saia de cetim, tudo lindo e pouca malha. Conforme fui vendo as peças, foi dando vontade de comprar a loja inteira. Ainda bem que estava “a trabalho”, senão meu cartão ia gritar, hahaha. A marca estava bem mais contextualizada com a “imagem” atual da moda.

A coleção atual (inverno), tem todas as referências atuais de moda, cheia de tendencinhas, mas sem ser “fashion victim” (porque pra mim, existe marca fashion victim haha). A meu ver, é uma coleção romântica e urbana, além de ser simples de ser usada. Peças em jeans, oncismo, pêlos (fakes), maxi-tricô, transparência, camisas, saia longa, ankle boot, lace-up boot, coturno, bolsas bonitas, sandálias pesadas, acessórios cheios de referências. Dá pra montar um guarda-roupa fashion só com peças da marca. E ah, a decoração da loja também ta super legal, é como se fosse separada por “alas”.

Na foto ficou parecendo que essas partes são brancas, mas são espelhadas.

Fotos: Tribo Fashion

Origens

Dia 26 (agenda lotada no dia 26, hein?), é dia de Fashion Business e sabem quem vai desfilar por lá? A Afghan. Marca carioca super fofa. Uma coleção cheia de peças ora fluidas ora marcadas. Com rendas e transparências, aumentando a feminilidade. A coleção Origens é inspirada na história do Brasil. E dia 26 a noite, eu volto aqui com fotos do desfile. Por enquanto, vejam dois croquis:

Imagens: Divulgação

Georgia Jagger

Dentes separados. Bocão. Filha de um astro de rock. Essa é Georgia May Jagger, estrela da nova campanha da Bo.Bô. A top de apenas 19 anos e filha de ninguém menos que Mick Jagger com a ex-modelo Jerry Hall, será fotografada por Terry Richardson, famoso por suas fotos incríveis polêmicas.

Georgia possui desenvoltura em frente as câmeras e ao invés de tentar esconder sua falha entre os dentes, faz questão de mostra-la em fotos. O seu bocão poderia ser disfarçado com batons clarinhos, mas chama atenção ao usar batons vermelhos e laranjas. Valorizando seus “defeitos”, a filha de Mick mostra sua força e personalidade. E é uma modelo assim que a Bo.bô gosta de usar. A escolha não poderia ter sido mais feliz.

A dupla Georgia +  Terry pode trazer, em breve, a melhor campanha da temporada nacional, arrisco-me a dizer. Além disso, o styling da campanha é assinado por Matheus Mazzafera, outro ícone, só que esse é brasileiro, o que não tira em nada o seu valor. A direção criativa fica por conta de Marcelo Seba e a maquiagem pelo top maquiador Ricardo dos Anjos.

A top chega ao Brasil no próximo dia 26 e fica hospedada em São Paulo, no hotel Fasano. Além disso, terá um festa fechada na Disco. Dias 28 e 29, G. e Richardson voam para Búzios, onde serão fotografadas as fotos da campanha. Já os dias 29 e 30 serão numa suíte do hotel Copacabana Palace.

Agora só nos resta esperar ansiosamente pelas fotos da campanha…