Saias longas

por Alexia Chlamtac

Quando penso em saias longas, logo penso em hippies e flores. Naquela coisa mais natural, romântica. Saias longas, geralmente, me transmitem uma certa leveza que me remete à sonhos, paz, poder voar. Numa análise pessoal, os hippies formavam a comunidade mais sonhadora já existente na sociedade. As saias longas das mulheres hippies possuiam leveza e eram vaporosas. Cerca de quarenta anos depois e essas tais saias longas e vaporosas, estão de volta. Voltaram a ser tendência não só no verão, mas também no inverno. Acredito que seja até mais tendência no inverno do que no verão, haha. Adoro essa ideia das saias longas no inverno, porque particularmente, chega um momento do inverno que eu não quero mais ver calças na minha frente. No verão brasileiro, foco no Rio de Janeiro (hehe), SUPER dá pra usar saia longa sem morrer de frio, até porque né? Nosso inverno significa temperaturas de 15˚/20˚, nada muito grave. Porém, quem vai pegar o inverno em algum lugar frio mesmo, não precisa abrir mão das saias longas, não. Elas ficam LINDAS com botas (gosto bem mais com botas do que com sandálias e rasteirinhas) e é só colocar uma, duas, três, quantas meias calças grossas por baixo forem necessárias. Você sobrevive! Combinando com casacos pesados fica ótimo, casacos de pele (fake, por favor), fazem um bom mix de texturas!

As baixinhas também podem usar, mas de preferência as de cintura midi ou alta, alongam a silhueta, tons claros também. E as cropped t-shirts ajudam MUITO também. O pedacinho de pele que fica aparecendo dá uma alongada absurda.

Nos acessórios, acredito com força no pulseirismo, fica lindo. Bolsas de couro, com franjas, taxas, pra deixar o visual menos girlie, menos romântico. Criar uma composição mais interessante no look.

Prova de que dá pra usar no frio!

E em eventos mais formais também

Fotos: Reprodução

Anúncios