O mistério do iluminador

por Alexia Chlamtac

Eu não sei se todas lembram de quando eu falei aqui no blog sobre a coleção da MAC, a Venomous Villains, inspirada nas vilãs da Disney (com um vilão também).

Então, quando eu estava em Orlando e fui ao Florida Mall fiquei que nem uma maluca atrás da loja da MAC, eu PRE-CI-SA-VA daquela coleção pra mim, mas é óbvio que não tinha mais, hahahaha, tinham alguns poucos produtos e lá no fundo do pote (*pausa dramática*), tinha o iluminador do Facilier (*emocionem-se*), no meu tom de pele (*gritem comigo*). Não pensei duas vezes antes de arrematar o lindinho.

Não lembro se no mesmo dia ou logo depois, teve uma festa e eu estava louca para usa-lo. Ele é em pó, bem solto, na minha teoria lógica, ele deveria ser bem sequinho (tenho leve agonia com produtos líquidos). Para minha surpresa, ao encostar o pincel no iluminador, ele ficou húmido e grudou no pincel, tentei aplicar no rosto mesmo assim, mas saía algo húmido no rosto e transparente, como se fosse água mesmo. O pincel era novo e estava super seco, não entendi o que estava acontecendo. Ontem, peguei um kabuki da Tokidoki, também comprado na viagem, só pra testar e aconteceu a mesma coisa. Resolvi testar com o dedo, resultado? Iluminador seco e iluminando bem a pele. Não vejo o menor problema em aplicar o iluminador com o dedo, mas queria saber qual o preconceito dele com pincéis, hahaha, entender porque isso acontece. Já perguntei a várias pessoas, uma delas que é bem entendida de maquiagem, e ninguém entende porque isso ta acontecendo. Eu não vou sossegar até encontrar uma resposta pra isso estar acontecendo e quando encontrar, venho aqui contar pra vocês.

Até que enfim uma foto não roubada do google (*palmas*).

 

Anúncios