It Girl

por Alexia Chlamtac

Minhas meninas lindas e maravilhosas, me perdoem o sumiço, não sabem como doeu, mas eu ando TÃO sem cabeça e sem inspiração, aconteceram coisas desagradáveis nos últimos dias, mas estou de volta procês, hahaha. E não pretendo sair tão cedo daqui. Antes que vocês me matem, eu vou avisar logo, dia 13 eu vou viajar e só volto dia 28, mas vou programar posts pra todos os dias, ok? E quando eu voltar de viagem, teremos muitas coisas pra compartilhar, néam? hahahaha

Enfim, dia 12 teve o coquetel de lançamento do livro It Girls aqui no Rio, lá na NK Store. Primeiro preciso dizer uma coisa: sempre imaginei a Alê baixinha, mas a mulher é enorme, hahahaha. Muito fofa e muito simpática, mas vamos ao que interessa, né? O livro.

O livro It Girls é copia fiel do extinto blog da Alê, só que agora impresso. A leitura é rápida e fácil. Confesso que li em menos de 24 horas, é viciante.

São 235 páginas (incluindo agradecimentos e prefácio) divididas em sete capítulos. São eles: a Introdução que explica de maneira simples o que é afinal uma It Girl; o capítulo 1 conta um pouco sobre cinco grandes It Girls e mostra um pouquinho do que devemos aprender com cada uma delas; o segundo capítulo explica como fazer boas escolhas fashions, o valor de bolsas, como comprar corretamente sem exceder o orçamento e outras coisinhas importantes; o terceiro fala sobre beleza de uma forma agradável e que causa vontade instantânea de passar uma semana inteira cuidando da pele e da alma; capítulo quatro fala sobre etiqueta e comportamento, deveria ser lido por 99,99% da população feminina e masculina, diz algo importantíssimo: não tem como ser it girl sendo mal educada. Fala de estilo e até de mini wedding, é um capítulo de total utilidade pública, o mundo conviveria se todos seguissem as boas regras da educação; mas devo confessar que o capítulo que mais me interessa é o sexto: “It girls @work”, por que? Há alguns dias eu andava me perguntando sobre meu posicionamento “profissional”, aonde eu tinha adquirido esse tipo de informação e ajuda na construção de opinião, foi lendo esse capítulo que descobri: foi no It Girls. É outro capítulo que deveria ser lido por todos, ajuda a formar uma opinião mais sensata e realista. Mostra o quão grande o mercado é e que sendo assim, cada um deve mostrar o que tem de melhor e fazer diferença; o último capítulo é uma delícia, só sobre viagens, com dicas de Paris, Londres, NY, São Paulo e Rio.

O livro foi lançado em tempo record, tendo apenas quatro meses de “preparo”, o que não diminuiu em nada sua qualidade. O preço bastante acessível, estando na faixa dos R$30,00. Além disso, o livro tem uma arte incrível, que só faz com que a leitura fique mais prazerosa, que além de um livro de moda, vire também bíblia que deve sempre ser relida, e me arrisco dizer, funciona até como item de decoração. Quase esqueci, ele é pequenininho e bem levinho, dá pra carregar na bolsa sem o menor transtorno, e como a capa é bem dura, não amassa, adorei mais esse detalhe. O It é o primeiro livro da Alessandra e para mim, tem apenas um defeito, ser pequeno demais. Não vejo a hora de novos livros da autora.

Lindo demais!

Cara de autora de best-seller. Sem mais.

 

Fotos: Divulgação.

Anúncios