Alessandra Garattoni!

por Alexia Chlamtac

A partir de hoje teremos mais uma categoria no blog: “entrevistando”.  A entrevistada de estreia é uma jornalista maravilhosa, que eu sou super fã: Alessandra Garattoni

A Alê era dona do It Girls e há cerca de dois meses, terminou o blog por motivos pessoais. Dona de um estilo clássico, preza pela educação e elegância. Carioca, radicada em São Paulo. Jornalista da RG. Vamos lá?

Legenda: B – Blog. A – Alê.


B: Alê, você não se formou, inicialmente, em moda ou jornalismo, certo? O  que te levou a mudar de área?

A: Escolhi que faculdade fazer, como todo mundo, aos 18 anos, sem saber  muito o que queria! Sempre disse que faria jornalismo, mas, sabe-se lá por  que, acabei optando por Economia no vestibular. No meio do curso, troquei  para Administração, que foi no que me formei. Mas sempre adorei escrever e,  por isso, o jornalismo acabou batendo na minha porta de novo!

B: Como surgiu a ideia do It Girls?

A: Eu quis reunir ideias, pessoas, informações que eram, antes de qualquer  coisa, interesse pessoal. Digo sempre que criei o It pra reunir em um mesmo  lugar tudo o que eu gostava de ler.

B: O It terminou há pouco tempo, sente falta? Existe alguma possibilidade  dele voltar ao ar?

A: Não, nenhuma chance de voltar! Ele foi ótimo, me trouxe muitas coisas  boas, mas cumpriu seu caminho – começo, meio e fim! E, curiosamente, não cheguei a sentir falta. Achei que de vez em quando ia bater vontade de fazer um post ou coisa do gênero, mas o encerramento foi tão na hora certa que nunca tive essa saudade!

B: Para você, criadora do It Girls, qual a maior it girl?

A: Acho que Jackie O, pela capacidade de usar seu carisma a favor e se transformar na mulher mais linda e elegante do mundo ainda que não tenha nascido assim.

B: Você decidiu fazer um livro com os melhores posts do It e o lançamento será em dezembro, correto? Já tem dia e local certos para o lançamento?

A: O lançamento vai ser no comecinho de dezembro e é provável que eu visite várias cidades para fazer o lançamento. Rio, SP e BH são as que já estão quase 100% certas!

B: Quais são as suas expectativas em relação ao livro? Ansiosa?

A: Muito ansiosa, não vejo a hora de vê-lo prontinho! É a realização de um sonho de muito tempo, sempre quis escrever livros!

B: Como surgiu a ideia do livro? Pretende escrever outros? E com qual temática?

A: Como eu disse, é uma ideia beeeem antiga! E, sim, sim, já há vários outros na programação: os temas são basicamente aqueles que tinham destaque no It – etiqueta, comportamento, estilo, mercado de trabalho… Também quero publicar as crônicas sobre cotidiano feminino que eu escrevia no meu ex-blog, mas isso só deve acontecer mais pra frente.

B: Se a carreira como escritora de livros der certo, vai parar de trabalhar com revistas, deixar de ter participações mensais para ter apenas colaborações?

A: Minha rotina na RG hoje já é mais tranquila, pois só passo uma semana por mês na redação. Então, de certa forma, já parei de trabalhar em esquema fixo.

B: Atualmente, você está em São Paulo, mas é carioca. Qual cidade prefere: Rio ou São Paulo?

A: Pra morar, SP. Mas adoro minha terrinha!

B: Acha que a moda tem mais espaço em qual das duas cidades? Por quê?

A: O mercado de trabalho, como em qualquer área, é bem maior em São Paulo. Mas a moda pela moda está nas duas cidades – e eu fico impressionada como duas cidades tão próximas podem ser tão diferentes.

B: Um achado paulistano e um carioca?

A: Não são exatamente achados, porque são conhecidos por muita gente, mas eu adoro o Braseiro da Gávea (RJ) pra comer uma picanha incrível e a revistaria da Haddock Lobo (SP), que é o melhor lugar pra comprar revistas gringas!

B: Qual  seu restaurante preferido no mundo?

A: Nossa, impossível eleger um só! Quando viajo gosto de entrar no clima do lugar e comer em restaurantes típicos (não importa se famosos, desconhecidos ou turísticos)… Aqui em SP, amo o Nagayama e o Spot!

B: Sua loja preferida no mundo é…

A: A Harvey Nichols, em Londres, tem a melhor seleção de peças! Mas eu vou lá mais pra me inspirar antes de seguir para a TopShop!!!

B: Seu maior segredo de beauté!?

A: Dormir bem!

B: O que você não se vê usando jamais?

A: Barriga de fora (embora, em meu passado de jovem carioca, já tenha usado muito!!!!)

B: Qual o seu conceito de estilo?

A: É uma tradução da identidade da pessoa.

B: E pra terminar, um conselho para quem está começando

A: Ter foco, trabalhar duro e entender que nada acontece do dia pra noite: antes de se fazer o que gosta a gente tem que comer muito feijão com arroz, engolir muito sapo, assumir funções bem chatas e ganhar muito menos do que acha que merece. Só lá pela segunda metade da estrada é que chega a parte mais legal!

E que venham muitos livros por aí! Afinal, quem é fã da Alê e do It, MORRE de saudades do blog e está louca para ler o livro. E podem acreditar, eu vou comprar todos e terão lugar especial entre meus livros!

Anúncios